Descarregamento de caminhão: problemas gerados pelas filas

A falta de planejamento na gestão logística provoca filas e consequentes atrasos no processo de descarga de veículos. Confira os problemas que isso ocasiona!


As filas nos locais de carga e descarga de veículos já fazem parte da rotina das empresas de transporte. No entanto, esta situação que parece tão normal gera aumento nos custos, além de outros impactos negativos para os negócios.

Leia o post até o final, conheça quais são os 6 principais problemas relacionados às filas para descarregamento de veículos e de que forma eles afetam a sua empresa de transportes!

Gestão logística: os impactos negativos das filas para descarregamento de caminhão

Confira a seguir, 6 problemas causados pelas filas para descarregamento

1 – Custos com estadia

A lei 13.103/15, que regula a carga e descarga de veículos, impôs às empresas que contratam fretes a obrigatoriedade de pagar R$ 1,38 por tonelada/hora ao motorista a partir da quinta hora de espera após a chegada do veículo. A lei foi criada para inibir as habituais filas geradas na entrada da planta e que provocam atrasos nos processos logísticos.

2 – Erros, falhas e alta rotatividade de funcionários

Imagine a pressão que uma fila de veículos para descarregar maior do que a capacidade da empresa de recebê-los provoca. As chances de erros e falhas aumentam consideravelmente. 

Um exemplo comum de desorganização que prejudica a eficiência desta etapa da cadeia logística é a presença de veículos na planta depois da descarga já ter sido realizada.

A falta de organização e planejamento provoca grande estresse, compromete a produtividade e acaba causando uma maior rotatividade de funcionários, o que também resulta em ônus financeiros para as empresas.

3 – Despesas com horas extras

As longas filas de veículos provocam atrasos na descarga dos veículos e isso resulta no pagamento de horas extras para que os funcionários executem o serviço até o fim. 

Há casos em que é necessário até abrir novos turnos de trabalho ou a alocação de mais funcionários para realizar a operação. Ou seja, a empresa acaba tendo que arcar com custos que poderiam ter sido evitados.

4 – Fornecedores insatisfeitos

A falta de organização logística nas empresas e o consequente atraso no descarregamento dos caminhões aumenta os custos dos serviços de transporte contratados ou dos produtos, quando o frete é por conta do fornecedor.

5 – Clientes insatisfeitos

O problema que o atraso no descarregamento causa aos fornecedores é o mesmo para os clientes. No entanto, neste caso os impactos negativos podem ser ainda maiores, já que qualquer empresa, independentemente de sua área de atuação, depende de clientes satisfeitos para que se mantenham no mercado com competitividade suficiente para enfrentar a concorrência. 

Além disso, atrasos no descarregamento acabam tendo que ser compensados durante o percurso da viagem para evitar o descumprimento dos prazos de entrega, pois isso gera grande insatisfação por parte dos clientes.

Baixa produtividade

Ter um processo de produção automatizado, organizado e eficiente não basta se as matérias-primas ou mercadorias que você precisa não são descarregadas com a agilidade necessária para que a produtividade da sua empresa não seja afetada.

Pode acontecer de o veículo com a carga que a sua empresa aguarda estar em uma fila, atrás de vários outros caminhões. Em casos assim, os motoristas que têm prioridade são orientados a descarregar primeiro, mas, cada vez que isso acontece, os outros motoristas que aguardam para fazer o descarregamento são prejudicados.

Na verdade, a etapa de recebimento de mercadorias deveria ser a mais simples do processo de logística integrada, mas por falta de organização e planejamento, muitas vezes acaba sendo a mais problemática para as empresas.

Os resultados são os que vimos acima: insatisfação de fornecedores e clientes, estresse desnecessário, alta rotatividade de funcionários e aumento das despesas com horas extras. E nós sabemos que para toda e qualquer empresa, a redução de custos é fator primordial para que elas se mantenham competitivas no mercado.

Neste sentido, as novas tecnologias e os sistemas de gestão automatizados podem trazer muitos benefícios para os processos logísticos. Toda a logística pode ser beneficiada com organização e planejamento realmente eficientes e, para isso, o uso de ferramentas tecnológicas é indispensável.

E a sua empresa, de que forma lida para agilizar os processos logísticos? 

Aproveite que está aqui e confira outros conteúdos do blog. Tem muita informação sobre todas as etapas logísticas da cadeia de suprimentos (supply chain management), que podem ajudar você na gestão diária do seu negócio!