Ergonomia física e sua importância para as empresas

A ergonomia física tem como objetivo proporcionar ao colaborador melhores condições de trabalho, minimizando assim os riscos à sua saúde.

Proporcionar conforto, segurança e melhor qualidade de vida ao colaborador é um dos principais focos da ergonomia física.

Ao longo do expediente, seus corpos são exigidos de diversas formas, o que pode acarretar diversas lesões, dores, entre outras complicações. 

Desta forma, empresas e organizações precisam buscar adequar as suas atividades, para que estas estejam de acordo com os limites e a capacidade de cada indivíduo. 

E para ajudar você, trouxemos este conteúdo para explicar o que é a ergonomia física e qual a sua importância. Confira!

 O que é ergonomia física?

A ergonomia é um grupo de regras e procedimentos que tem como objetivo cuidar da saúde dos profissionais, sendo estas ergonomia física, ergonomia cognitiva e ergonomia organizacional.

Dentre os tipos de ergonomia, daremos ênfase neste conteúdo na ergonomia física.

A ergonomia física estuda e analisa a relação entre a fisiologia, biomecânica, antropometria e anatomia do ser humano, com as atividades que são realizadas pelo mesmo.

Sendo que está se divide em quatro áreas diferentes:

Ergonomia de correção

A ergonomia de correção tem seu foco voltado para atuação do local de trabalho.

Seu fundamento é as modificações e adaptações do ambiente físico de trabalho, como iluminação, temperatura, ruídos, ventilação, equipamentos, entre outros elementos necessários para proporcionar conforto e condições salubres aos seus colaboradores.

Desta forma, a ergonomia de correção é uma ferramenta utilizada para adequar os ambientes, visando reduzir os riscos ergonômicos e prevenir doenças ocupacionais, melhorando assim a qualidade de vida de seus colaboradores.

Ergonomia de conscientização

A ergonomia de conscientização tem como objetivo educar os colaboradores, incentivando-os a utilizar o espaço de trabalho de maneira eficiente, para que assim  usufruam da melhor maneira os seus benefícios.

Treinamentos e palestras podem ser realizados para que o colaborador aprenda a maneira adequada de utilizar os equipamentos e mobiliários, adotar postura correta e por meio da ginástica laboral realizar alongamentos, fortalecimento muscular, relaxamentos dentre outros benefícios.

Ergonomia de concepção

A ergonomia de concepção tem como propósito estudar projetos com os segmentos de engenharia, segurança e recursos humanos para compreender as atividades, equipamentos, layouts dos ambientes, mobiliários, entre outros fatores que influenciam na saúde e eficiência do colaborador.

A partir do resultado deste estudo, intervenções são realizadas diretamente no projeto do ambiente, com o intuito de promover organização, melhora nos processos de trabalho e aumento da capacidade produtiva. 

Ergonomia participativa

A ergonomia participativa é definida como uma tática de envolver os colaboradores no planejamento e controle de uma parcela de suas atividades, com capacidade e conhecimento para influenciar nos processos e resultados, para que assim atinjam as suas metas e possibilitem controle dos problemas de ergonomia.

Sua aplicação possibilita que riscos ergonômicos e de acidentes sejam evitados. Isso porque os próprios colaboradores são capazes de identificar as falhas e propor as melhorias necessárias.

O que a ergonomia física analisa?

Dentre os principais itens que costumam ser analisados pela ergonomia física, podemos citar:

  • Mecanismos de Regulação;
  • Realizar as atividades laborais com menor exigência muscular;
  • Postura corporal no local de trabalho;
  • Existência de movimentos repetitivos;
  • Projeção dos postos de trabalho;
  • Distúrbios musculoesqueléticos;
  • Segurança;
  • Saúde do colaborador.

Com o propósito de melhorar o desempenho dos colaboradores durante a realização de suas atividades, a ergonomia física entra em cena.

Um ambiente de trabalho bem projetado garante a qualidade de vida dos colaboradores, reduzindo o estresse e doenças ocupacionais. Além disso, busca aumentar a produtividade da empresa. 

A ergonomia busca classificar os biotipos e então dimensionar máquinas, equipamentos e as demais ferramentas necessárias para a realização dos trabalhos, para que estes se adaptem a capacidade de todos os colaboradores.

banner com orientação para download do material relacionado a indicadores de produtividade

Ergonomia física na prática

A ergonomia física pode ser empregada de diversas formas dentro de uma empresa ou organização, sendo que as ações a serem tomadas podem sofrer variação para que estas se adaptem aos mais variados segmentos de atuação.

Dentre alguns itens que podem ser melhorados, podemos citar:

Iluminação eficiente

Uma iluminação inadequada pode dificultar o desenvolvimento das atividades, além de ser capaz de prejudicar a visão.

Desta forma, é preciso que os ambientes possuam iluminação natural e artificial adequadas ao esforço que as atividades desenvolvidas exigem seguindo a normatização. 

Equipamentos corretos

A utilização de equipamentos adequados à realização de cada tarefa é a melhor forma de prevenir doenças laborais e melhorar as condições de trabalho.

Para cada atividade normalmente existem equipamentos adequados e que se adaptam à postura e características anatômicas dos colaboradores, facilitando as suas atividades e melhorando assim a sua produtividade.

O manuseio de cargas com peso excessivo, por exemplo, pode prejudicar a coluna, além de provocar outras consequências. Por este motivo o auxílio de equipamentos para a realização das atividades é essencial.

Estímulo à vida saudável

Incentivar o colaborador a ter uma vida saudável, não necessariamente é uma obrigação dentro da empresa.

Contudo, a saúde do colaborador impacta diretamente no desenvolvimento de suas atividades.

Diante disso, incentivar a alimentação saudável, prática de atividade física e outras condutas saudáveis melhora a sua qualidade de vida e assim a maneira como as suas tarefas são realizadas.

Conceder pausas

As pausas ou tempo de recuperação de fadiga (TRF) entre as atividades são primordiais para proporcionar o descanso necessário para o organismo recarregar as energias. 

A implementação da ginástica laboral também contribui para melhora da oxigenação dos músculos, prevenindo lesões, e auxiliando na recuperação do músculo. 

Distribuir as responsabilidades

Distribuir as tarefas para que ninguém fique sobrecarregado é uma das ações da ergonomia.

Desta forma as atividades serão divididas entre os colaboradores, evitando estresse e sobrecarga mental e física.

Taxa de Ocupação 

Planejar as atividades que precisam ser realizadas é uma boa maneira de manter o ambiente de trabalho organizado, realizar as tarefas necessárias e ainda manter a produtividade, sem que os colaboradores sejam sobrecarregados e expostos a situações estressantes.

Manter a boa comunicação

Manter a boa comunicação entre todos os envolvidos dentro da empresa ou organização é a maneira mais eficaz de distribuir as responsabilidades e planejar as tarefas.

A falta de comunicação desestimula os funcionários, além possibilitar que adversidades e estresse decorrentes da falha de comunicação ocorram.

Temperatura do ambiente 

Um ambiente muito quente ou muito frio pode impactar no desempenho do colaborador, tornando-o menos eficiente.

Isto porque a temperatura desagradável provoca o aumento da fadiga, esgotamentos e até mesmo dores musculares.

Promover a adequação do ambiente de trabalho maximiza desta maneira o melhor desempenho das atividades.

Benefícios da ergonomia física

Implementar a ergonomia física, juntamente com as demais modalidades, traz uma série de benefícios, dentre os quais podemos destacar:

  • Melhor qualidade de vida dos colaboradores;
  • Redução com gastos médicos;
  • Ambiente de trabalho mais adequado e seguro;
  • Redução dos afastamento por lesões e outras complicações;
  • Maior valorização profissional;
  • Aumento da produtividade;
  • Redução do cansaço;
  • Prevenção de acidentes;
  • Processos de trabalho mais eficientes;

Desta forma a ergonomia física objetiva modificar e adequar os processos de trabalho para que a realização das atividades atenda às necessidades dos colaboradores, assim como as da empresa.

Uma equipe motivada, informada e com as condições necessárias de trabalho é muito mais eficiente e produtiva.

Continue acompanhando o nosso blog para ter mais informações. E para conhecer as soluções para ergonomia da Metaro acesse o nosso site!

banner com orientação para solicitar um orçamento e conhecer os produtos Metaro