Manuseio de cargas: como garantir segurança nesse processo

O manuseio de cargas correto evita riscos de acidentes de trabalho e melhora a produtividade. Por isso, é importante contar com equipamentos adequados. Confira!

O manuseio de cargas de maneira incorreta é uma das principais causas de riscos ergonômicos dentro das empresas dos mais diversos segmentos.

Além disso, a manipulação incorreta dos materiais pode acarretar em uma série de problemas e consequências ao operador.

Desta forma, é importante adotar medidas que visem evitar ações incorretas durante o manuseio de cargas.

Continue a leitura e conheça a importância da adoção de medidas corretivas, bem como algumas dicas ergonômicas para prevenir riscos à saúde dos colaboradores.

O que faz com que o manuseio de cargas seja perigoso?

Existem vários fatores que podem influenciar na segurança do manuseio de cargas, dentre elas podemos destacar:

Peso e volume da carga

Cargas pesadas, que impossibilitam a pega, dificultam seu levantamento, aumentando assim os riscos de possíveis acidentes. 

O levantamento de peso excessivo gera esforço extra, e muitas vezes esforço de maneira irregular, o que pode ocasionar diversas lesões.

Falta de experiência

A falta de experiência no desenvolvimento de atividades ligadas ao manuseio de cargas também pode provocar danos à saúde do colaborador.

Isto porque a falta de experiência e conhecimento gera ações impróprias, elevando assim a exposição aos riscos.

Ambiente de trabalho

Pisos escorregadios, superfícies instáveis e equipamentos impróprios para a realização de determinadas atividades também podem ser considerados fatores de risco.

Assim como o manuseio correto, os equipamentos devem ser apropriados para o manuseio e transporte das cargas, de modo que proporcione segurança no trabalho.

Norma regulamentadora 17 e a relação com o manuseio de cargas

Dentre as normas regulamentadoras existentes podemos citar a NR 17, ela estabelece alguns parâmetros que possibilitam adaptações quanto às condições de trabalho e às características psicofisiológicas dos colaboradores, a fim de proporcionar conforto, segurança e máxima eficiência no desenvolvimento de suas atividades.

Estas condições de trabalho estão relacionadas ao levantamento, transporte e descarga de materiais, mobiliários e equipamentos, bem como às condições e organização do ambiente de trabalho e da própria organização. 

Quando ao levantamento, transporte e descarga individual de materiais, a norma estabelece que:

  • O trabalhador não deverá realizar transporte manual de carga com peso que possa comprometer a sua saúde ou segurança;
  • Todo colaborador que realizar transporte manual de cargas deverá receber treinamento ou instruções para a realização correta da tarefa, de modo que sua saúde e segurança sejam garantidas;
  • Deverão ser utilizados meios técnicos apropriados para o transporte manual de cargas;
  • Em caso de trabalhadores jovens e mulheres, o peso máximo da carga deverá ser inferior ao peso admitido para homens; este deve ser definido levando em consideração o tipo de pega e a distância percorrida com a carga;
  • O transporte e descarga de materiais por meio de impulsão ou tração de vagonetes por meio de trilhos, carros de mão ou outros meios mecânicos, deverão ser realizados de modo que o esforço físico que está sendo realizado pelo colaborador seja compatível com sua capacidade de força;
  • As atividades de levantamento de material realizadas através de equipamento mecânico de ação manual deverão ser executadas de acordo com a compatibilidade do seu esforço físico e sua capacidade de força.

Além disso, todos os equipamentos necessários à realização das atividades, devem ser adequados às características psicofisiológicas dos colaboradores e ao tipo de trabalho a ser executado. Por isso, neste contexto, a análise ergonômica do trabalho é empregada, como forma de analisar os riscos ergonômicos presentes no local de trabalho e assim propor as soluções para evitar riscos existentes, melhorando as condições do ambiente de trabalho.

banner com orientação para download do material relacionado a indicadores de desempenho logístico

Dicas para prevenir os riscos durante o manuseio de cargas

Selecionamos algumas dicas para ajudar na execução de tarefas de maneira segura e sem riscos à sua saúde. Algumas das nossas dicas são:

  • Utilize luvas e equipamentos de proteção individual (EPI);
  • Respeite as normas vigentes;
  • Mantenha a carga o mais próximo possível do seu corpo;
  • Evitar torcer o tronco para os lados quando estiver carregando algum material;
  • Faça pausas durante as suas atividades;
  • Nunca erga cargas sobre a sua cabeça;
  • Ao levantar cargas é importante manter a postura correta, joelhos semi flexionados, coluna ereta e braços próximos ao corpo;
  • Faça manutenções periódicas nos veículos e equipamentos;
  • Invista em treinamentos da equipe;
  • Para transferir cargas a distâncias superiores a 2 metros, utilize equipamentos;

O uso de equipamentos é uma das formas de evitar o esforço físico excessivo, proporcionando melhores condições de trabalho aos colaboradores.

Dentre estes equipamentos podemos citar a Mesa Extra Baixa da Metaro.

Mesa Extra Baixa da Metaro

A Mesa Extra Baixa da Metaro foi projetada para ajudar na adequação ergonômica em locais de trabalho onde cargas são manuseadas.

O equipamento pode ser ajustado na altura e na área de alcance do seu operador, evitando assim que este incline o tronco para erguer materiais do chão, assim como a elevação dos braços acima do nível dos ombros.

Este ajuste evita que movimentos prejudiciais à saúde do colaborador precisem ser executados, reduzindo os riscos de lesões ou qualquer outra fatalidade.

Além disso, ajuda a tornar o processo de manuseio, carga e descarga de materiais mais fácil, consequentemente melhorando a produtividade.

Para completar…

Realizar as atividades de levantamento ou manuseio de cargas de maneira incorreta representa riscos à saúde do colaborador, isto porque quando não executadas de maneira correta, podem provocar lesões, dores, LER (lesões por esforços repetitivos), DORT (doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho) entre outros problemas.

Além disso, muitas vezes, após um longo período exercendo atividades de maneira incorreta, o colaborador pode sofrer sérios comprometimentos, resultando em afastamento temporário e em alguns casos até mesmo afastamento permanente.

Diante disso, é fundamental dar a devida atenção a maneira que as atividades são executadas, e assim propor soluções possíveis para evitar os riscos à saúde do colaborador.

Minimizar ou extinguir os riscos torna as condições de trabalho mais seguras e confortáveis, para que estes exerçam as suas atividades de maneira mais eficiente e produtiva.

Continue acompanhando o blog para ter mais informações sobre os processos de carga e descarga. E para conhecer as nossas soluções para ergonomia e solicitar o seu orçamento, entre em contato conosco!

banner com orientação para solicitar um orçamento e conhecer os produtos Metaro